Escolas e Cmeis de Senador Canedo recebem Projeto Horta Comunitária

Procurando aumentar a distribuição de verduras e legumes para instituições de ensio, a Prefeitura de Senador Canedo, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Combate à Fome, criou um projeto para a instalação de hortas nas instituições, facilitando o acesso para o preparo de alimentos, e possibilitando o contato dos alunos com as plantações. O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Millena de Paula Sousa, localizado no Jardim Bouganville, foi o primeiro a receber as mudas, inicialmente serão cultivados alface, cebolinha e salsinha.
A gestora do CMEI, Solange Soares, explica que as atividades da horta já entraram no cronograma escolar, para que todas as crianças possam colaborar para o desenvolvimento das hortaliças. “Além de ajudar na alimentação dos alunos, vamos incluir o projeto nas aulas, desenvolvendo atividades ligadas à culinária, influenciando as escolhas por legumes e verduras, além dos alunos conhecerem a origem de parte dos alimentos que consomem”, afirma.

Outras ações

Além das instalações nas escolas e Cmeis, a Secretaria Municipal de Agricultura e Combate à Fome cultiva da Horta Comunitária, uma variedade maior para distribuir em outras unidades escolares e à população carente cadastrada no programa de combate à fome. Atualmente são produzidos 14 tipos de alimentos, entre cebola roxa, cebola branca, beterraba, cenoura, alface em diversas variedades, couve, cebolinha, jiló, quiabo, pimenta, coentro, chuchu, salsa e abobrinha. A produção varia de acordo com as estações e com o tempo de desenvolvimento de cada verdura ou legume.
Anderson Sapalácio, responsável pela Horta Comunitária, aponta que o cultivo ainda não é suficiente para atender todas as demandas das escolas, mas que o objetivo é alcançar o maior número possível. “Somente algumas instituições de ensino recebem a produção da horta, a demanda ainda é muito alta para a plantação que precisa de tempo para chegar ao ponto da colheita, porém com a instalação das hortas nas escolas, vamos conseguir atender mais, já que teremos plantio distribuído pela cidade”, conclui.

Programa Combate a Fome

O programa de Combate à Fome oferece à população carente kits de alimentos que são entregues toda semana aos cadastrados. Para participar é necessário se inscrever na sede da Secretaria Municipal de Agricultura e Combate à Fome, na Av. Dom Emanuel, em frente à Praça Criativa, ou na Horta Comunitária, próxima à antiga Emgopa.