[Esportes]

Samuel Eckert, de 19 anos, ganhou duas medalhas no último final de semana em Nottwil, Suíça. O jovem que iniciou seus treinos no município, hoje integra a equipe Sesi – São Paulo, sendo profissional foi um dos representantes Seleção Paraolímpica Brasileira, na categoria T13, baixa visão, no campeonato mundial. Ganhando medalha de prata nos 800 metros e bronze nos 400 metros, prova que liderou, até sofrer uma queda na pista molhada nos 10 metros da chegada.
O jovem viu a corrida uma oportunidade e tanto para romper barreiras, com baixa visão desde o nascimento, devido a uma toxoplasmose congênita, o que afetou a sua retina. Iniciou os treinos, com 13 anos de idade em um projeto de iniciação esportiva, ao receber o convite na escola pública onde estudava. “A meta era chegar, após isso ultrapassar cada vez mais os meus limites físicos, e assim foi uma prova, um campeonato, até que virei profissional, velocista”.
Mesmo com a queda, durante a prova qual estava em primeiro lugar, o atleta vê como vitoriosa a sua participação no Campeonato Mundial Júnior de Atletismo do IPC (Federação Internacional de Atletismo Paralímpico). “ Eu caí nos 10 metros, me arrastei para terminar a prova, lutei e alcancei uma medalha. Estar representando o Brasil, conseguir chegar até aqui, e saber que posso ir mais, me motiva ainda mais, sou agradecido”, finaliza Eckert.